31 de jul de 2008

...



Só... No sentido oposto do que ponho sobre a tela,
só aqui consigo expressar minhas ultimas lágrimas
e com gosto de tinta em minha alma.
Meu ser salta... Numa pirueta livre
Idéias bordejam no mar do tempo
Mostro-me, E meus pensamentos tornam-se leis.

Cantarei até que me falte a voz
Até que desfaleça minha alma
Pois vivo por cantar e canto para viver.

Soluços misturam-se ao silencio da noite
A frieza do escuro não impede meus batimentos.

Volto-me ao simples, milhões do que nunca foi bastante.
Dentro da trouxa: sorrisos, abraços, amigos, esperança, fé...
Por dentro, um só coração,
Que pulsa ao ontem, ao hoje, ao agora,
à eternidade deste ser devaneio.


4 comentários:

  1. Anônimo9:18 PM

    Sentir-se novo e um ser vivente talvez como se em meio as migalhas de pão caídas o pássaro que as consome cantasse pelo que consegue comer.
    Precioso tempo que corre no tic-tac do seu relógio.
    O título poderia ser a alegria se faz entre lágrimas...
    dará o que tens a oferecer.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. "... pois nem todo caminho acaba, sem antes outro começar..."

    Um ser eterno em um delírio coeso!
    E a vida és una hermosura, y es mas bello vivir cantando! =]

    Belo texto rei.

    "Caminhos ( Ou antes da tinta acabar)"

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10:44 PM

    Esse mundo é tão inconstante! Extinto de pessoas que agem e repleto de gente que reclama.
    Aonde vamos parar, já que o ser humano tornou-se amante de seus próprios desejos, sem se importar com as necessidades do próximo?
    Sinto-me entorpecida diante de todas essas informações_ É o aquecimento global, a extinção do urso Panda, a crise financeira, a exploração infantil... Ufa!
    Não sei o que é a tal “norma comportamental da sociedade”; sei apenas respeitar diferenças, gostos...
    Ainda não entendi o que é moda; acho que as pessoas ficariam mais bonitas se vestissem seus próprios conceitos, e não a regras criadas por gente vazia que trabalha “fabricando” mais gente vazia.
    Tantas leis que só servem para serem descumpridas, tanta gente que só serve para descumprir as leis...
    O que será dessa geração, Meu Deus!
    Parece que tentar mudar o mundo é algo impossível, mas as constantes derrotas não podem nos fazer parar.
    Quando você cair vou te dar minha mão.
    Permaneceremos todos unidos, todos aqueles que lutam estarão unidos.
    Se agirmos assim os grandes guerreiros nunca morrerão.
    Os grandes sonhos não serão apenas sonhos...


    Ass: O abraço é mais importante que palavras Santos da Silva

    ResponderExcluir