6 de jul de 2009

Aquela mulher (ou Rabiscos pra Marta)


Ei,
Olha daí,
faz de tua face o meu sol,
faz de seus braços meu ar,
e me abraça,
sussura em meu ouvido
aquela sua música preferida.
Fica aí,
olhando de perto,
em sua existência eterna,
porque eu te sinto,
na essência de minh'alma.
Enquanto eu fico aqui,
lembrando de seu sorriso,
daquele lindo romance moleque
seu e de Seu Zé
no corredor de nossa casa,
daquele sabor do almoço de domingo,
da reza às seis da noite
e do beijo de bom dia.
E só assim,
aqui no meu pranto,
que esconde a falta de você,
e aqui no meu riso,
que canta aos céus de feliz
ter cantado com você.
Só você, mulher,
dona de quatro homens,
moça de um, mãe de três,
tão serena e forte,
a menina mais linda
que passou por aqui.

só a ti
que dedico estes rabiscos.

mas espera aí,
que quando a gente cansar desse lugar
eu te encontro de novo pra te dar um beijo,
dizer que te amo,
com uma daquelas rosas do nosso quintal.

" e eles dizem:
- chora não, ela repousa feliz no lugar mais lindo!
eu digo:
- nasceu mais um anjo, e seu nome é Marta!"


"e ela deve tá dizendo:
- louvado seja todo amor desse mundo!"

7 comentários:

  1. O mais perfeito de todosss!!!
    chorei...muito lindo e verdadeiro

    ResponderExcluir
  2. Natayme7:50 AM

    Lindo Judas...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ti prometir não chorar...mas...fica pra outro dia, pois com esses Rabiscos para Minha Irma impossivel conter minhas lagrimas...!

    ResponderExcluir
  5. Jairo Torres3:08 PM

    Muito lindo e de uma formosa graça que só aos anjos podem ser dedicados..Impossível não chorar!

    ResponderExcluir
  6. Deu vontade de te abraçar!

    ResponderExcluir